21 de setembro de 2009

Folha Dirigida: Protocolo no MPOG para convocação de mais aprovados está parado desde Julho.

Perito do INSS: pedido avança no Planejamento 17/09/2009

O pedido de autorização para a realização do concurso para dois mil peritos médicos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está em andamento no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O documento já passou por diversos setores  do ministério, tendo chegado, no último dia 8, na Secretaria de Gestão, para análise.

Situação bem diferente é a do processo para a convocação dos aprovados no último concurso para técnico e analista, que está  parado desde o dia 17 de julho deste ano (um dia após a  entrada do pedido), no Departamento de Modernização  Institucional do órgão. Outra questão que chama a atenção é que os deputados federais  Chico Alencar (Psol) e Otávio Leite (PSDB), que enviaram  requerimentos de informação aos ministérios da Previdência  Social e do Planejamento, Orçamento e Gestão, respectivamente,  ainda não obtiveram respostas, que devem chegar até o fim do  mês de setembro. O INSS ainda pediu duas mil vagas para  técnico e analista do seguro social, cuja tramitação não foi  divulgada.

Também na tentativa de suprir o déficit de pessoal do INSS, o  governo encaminhou ao Congresso Nacional projeto de lei  propondo a criação de 500 cargos efetivos de perito médico. A  proposta tem como finalidade adequar a estrutura do INSS para  a implantação das 720 novas Agências da Previdência Social  (APS) em todo o país, até o final de 2010.
 
Fonte: Folha Dirigida, 17/09/2009.

13 Comentários:

Romerio Santos disse...

O tal protocolo solicitando 2 mil vagas não foi divulgado pq não existe!

Romerio Santos disse...

Hj mando outro email pro kaiser, perguntando sobre o decreto presidencial. Mais alguma pergunta?

Rodrigo disse...

Pergunte se a verba adicional que o MPOG anunciou pode ser utilizada para nossas nomeações. Uma vez que o MPOG em seus relatórios condicionava a não autorização de nossas nomeações às questões orçamentárias dada a falta de grana em virtude da crise. Se essa verba extra pode influenciar de alguma forma. E pergunte também se, hipoteticamente, o Presidente não autorizasse os 100%, como ficaria a questão dos 50%. Como procederia o INSS. Se eles trabalham com essa hipótese.(SE disser que não, bom sinal!)

Gilson Filipe disse...

Desabafo do PCI:

"dinheiro? tem
pedidos? tem
vagas? tem
concurso em vigor? tem
Qual será a desculpa agora?"

Interesse político?
Por favor, nos diga a quem mostrar o déficit de servidores, juntamente com uma Expansão em andamento!

Elton disse...

Romério,

Acho interessante colocar o número de cargos vagos que o MPOG divulgou, aqueles 12 mil e pouco.
Acredito que seja interessante perguntar sobre o decreto para o presidente, como por exemplo se realmente já foi encaminhado para o Lula assinar e se ele tem previsão de quando isso vai acontecer.
Acho que a hipótese de 50% não existe mais no INSS.
Romério muito obrigado por tudo cara, você tem sido fundamental nessa luta.
Abraços.

anderba disse...

Tambem acho interessante perguntar o que o Rodrigo falou:

Se, hipoteticamente, o Presidente não autorizasse os 100%, como ficaria a questão dos 50%. Como procederia o INSS. Se eles trabalham com essa hipótese.(SE disser que não, bom sinal!)

Tambem acho interessante perguntar como anda o PEX e sobre as remoções... Se tem previsões??
E perguntar se é dependendo disso que deve vir logo depois as nomeações

Lobo da Estepe disse...

"Se a administração opta por não prorrogar a validade do certame, a justificativa para isso é que, simplesmente não é conveniente para ela contratar naquele momento, pois, seu quadro de pessoal estaria supostamente completo, sem necessidade de vincular mais servidores a ela.
No entanto, se ela não prorroga, presume-se que não há esta necessidade de contratação de mais pessoal, até aí tudo bem, totalmente procedente, porém, se logo em seguida, realiza outro certame, torna tudo isso muito suspeito, presumindo-se haver outros interesses por trás de tal ato, o que não o legitima, pois, se está realizando novo certame é porque havia carência, então porque não usar o cadastro de reserva já que a lei dá a prerrogativa da prorrogaçlão justamente para suprir esta necessidade ante a morosidade que geraria a espera pela realização de um novo concurso?" [2]

Elton disse...

Romério você já enviou e-mail para o Kaiser?

Romerio Santos disse...

Mandei email ontem, assim q eu tiver resposta, eu posto, na íntegra...

Lobo da Estepe disse...

Companheiros,

O fantasma da não-nomeação ronda pelo Brasil. Isso por motivos torpes políticos. Nós, cidadãos de bem, concursados e aprovados de forma legítima, queremos apenas o que a Constituição da República nos garante de forma lícita, que é o nosso emprego e sustento fiduciário ("A parte que nos cabe nesse latifúndio..."). Não estamos roubando ninguém, nem traficando, nem muito menos assassinando... Enquanto os salários de ministros órbitam em torno dos R$ 26.000,00 e parlamentares reivindicam aumentos, nós sofremos há quase dois anos por uma espera angustiante de nomeação nesse concurso, com salários que não chegam a 50% desses valores... Mais uma vez estão querendo nos fazer de palhaços! Como pode existir a especulação de novo concurso com esse dentro de seu prazo de validade e a extrema necessidade de nomeações? Chega de brincadeira! Estudamos, gastamos e desgastamos nossas famílias!

Às armas cidadãos! Às armas...

Lobo da Estepe disse...

* Não chegam a 25% (metade da metade!)...

Marlice Lopes de Oliveira disse...

É isso ai gilson temos que usar todas as armas, novo concurso só seria bem aceito se chamassem de acordo com a necessidade de cada APS, hoje conversei com advogado e ele me falou que audiencias onde esta envolvido INSS no RN estão sendo suspensas por falta de funcinarios, e acredito que isto acontece em todo o Brasil.Vamos usar a imprensa e o que pudermos para que não prejudiquem que gastou tempo e dinheiro estudando.

anderba disse...

Boa Gilson!! Muito bem feito colega!!

Tamos "em cima" deles!! Até que se resolva problema do INSS

Postar um comentário


Blog Colaborativo dos Excedentes do INSS - Concurso 2008
Todos os direitos reservados ©| 2009 - 2011 |