15 de fevereiro de 2010

Por que nossa nomeação além de LEGAL e ECONÔMICA, é LEGÍTIMA?

A presunção de legitimidade (ou validade) é de fundamental importância para atender o interesse público – que é o norte da Administração Pública – uma vez que possibilita celeridade no cumprimento dos atos administrativos. Ou seja, o ato de convocação de mais servidores em certa área da administração, deve ser legal, contudo, carece ainda de validade frente ao caso concreto, devendo-se observar a necessidade de tal ato.

Sob o foco das notícias abaixo, será que nossa nomeação não seria válida?

Principais postagens do Blog referentes à carência de pessoal nesses 6 meses de existência:





SINDSPREV APONTA CARÊNCIA DE MAIS DE 19 MIL NO INSS e mais:

  1. Mais de 30 mil brasileiros aguardam processos parados no INSS;
  2. Falta de funcionários agrava as condições de trabalho e atendimento;
  3. MPF recomenda contratação de mais servidores no INSS;
  4. Em apenas um dia 63 aposentadorias de servidores;
  5. ficit de servidores do INSS - Fonte MPOG;
  6. Carência de servidores: Assistentes Sociais fazem trabalho de cnicos e Analistas.

2 Comentários:

tulipa disse...

Mais de 30 mil brasileiros aguardam processos parados no INSS
Não é noticia que se leve em conta pois se o beneficio não for concedido na hora, e mais de 9o% não é, não por incapacidade do servidor mas por imposição do próprio sistema e da lei previdenciaria, então ele entra na conta aí em cima....sem falar nos indeferidos que quase sempre vão ao recurso e daí pra junta onde ficam um tempão, às vezes mais de um ano, pq lá ainda não há cobrança de rapidez e a junta de recursos é um setor à parte, nada a ver com GEX ou APS. Processos em exigências tb estão entram aí na contagem dos 30 mil......e a meta não era zerar o acervo e sim baixar a média para 45 dias,o que todas as GEX conseguiram.......

Kathy disse...

Que exercício é este de ter que esperar, não??

A ansiedade parece que sai pelos poros!

Postar um comentário


Blog Colaborativo dos Excedentes do INSS - Concurso 2008
Todos os direitos reservados ©| 2009 - 2011 |